Genésio


Há um homem por aí anotando nomes
E ele decide quem está livre e quem é culpado
Todos não serão tratados do mesmo jeito
Haverá uma escada dourada que alcança o chão
Quando o Homem chegar
Os pêlos de seu braços vão se arrepiar
Com terror em cada gole e cada mordida
Você compartilhará daquele último copo oferecido ?
Ou desaparecerá na terra do ceramista
Quando o Homem chegar
Ouça as trombetas, ouça as flautas
Cem milhões de anjos cantando
Multidões estão marchando para o grande timbale
Vozes chamando, vozes chorando
Alguns estão nascendo e outros morrendo
É o reino do Alpha e do Omega que está vindo
E a ventania está na árvore de espinhos
As virgens estão todas arrumando seus pavios
E a ventania está na árvore de espinhos
Até o armageddon nenhum shalam, nenhum shalom
Então o pai chamará suas galinhas para casa
O homem sábio irá se curvar diante da coroa
E ao Seus pés jogarão suas coroas douradas
Quando o Homem chegar
Quem for injusto, deixe-o ser injusto
Quem for correto, deixe-o ser correto
Quem for imundo, deixe-o ser imundo
Escute as palavras escritas há muito tempo
Quando o Homem chegar

The Man Comes Around
Johnny Cash

Nenhum comentário:

Postar um comentário